domingo, 26 de janeiro de 2014

Preservando a Infância do Gengibre...

Sempre se fala que a infância passa muito rápido. Eu, particularmente, não tenho saudades da minha. E ela foi boa! Mas do tamanho certo. Gostei de ser jovem, gosto de ser madura, e pretendo gostar muito de ser velha. Tudo tem seu tempo, e as lembranças servem para deixar um gosto doce de sobremesa, que eu adoro, mas não gosto da ideia de repetir..
Porque tem coisa que só é legal fazer quando se é jovem, é o jeito que combina, o jeito que fica bom.
Exatamente como conserva de Gengibre!!!
Tem de se usar o gengibre bem novo, ainda com rama para poder ter aquelas fatias crocantes, levemente picantes, levemente doces, levemente salgadas, levemente ácidas e totalmente deliciosas.
Dezembro e Janeiro são os melhores meses para encontrar essa molecada-gengibre na feira.. Em fevereiro ainda rola, então corre lá e dê essa alegria para eles! Transforme o gengibre em “Gari”! Esse é o nome dessa maravilha.
Depois, quando a pele fica mais ressecada, nem adianta tentar, fica uma droga. Igual marmanjo querendo ser moleque...

Conserva de Gengibre (Gari)
Compre um maço de gengibre bem novo, com as ramas bem verdes e as raízes (ou serão bulbos??)  bem claras. 

Com uma colher, raspe a pele externa, para tirar qualquer fibra mais dura ou sujeira. 

Corte em fatias bem finas com uma faca amolada, um mandolim ou mesmo processador. Cubra as fatias de gengibre com 1 colher (de sopa) de sal, misture e deixe descansar por pelo menos 1 hora.

Coloque o gengibre numa peneira, enxágue em água corrente, deixe escorrer bem. Esprema o gengibre com as mãos para que fique bem enxuto, e reserve.


Numa panela, aqueça ½ xícara de vinagre branco, ½ xícara de açúcar e ¼ de xícara de água, mexendo para dissolver totalmente o açúcar. 

Na hora que ferver, despeje o gengibre escorrido e desligue o fogo. Coloque num vidro com tampa, feche, e conserve na geladeira, por até 6 meses, se cuidar de usar sempre um talher limpo para retirar o Gari. Espere pelo menos um dia para começar a usar. 

Um comentário:

  1. Oba! Vou fazer!!!
    Adoro gengibre!
    Você costuma vir à Sorocaba? Quando vier, me escreva um email (cidalimadureira@uol.com.br), adoraria lhe ver!
    Beijo.
    Cida.

    ResponderExcluir